A Powertis reforça sua presença no Brasil graças ao financiamento de mais de 30 milhões de euros do BNDES
  • A Powertis é uma companhia que pertence à Soltec Power Holdings, grupo cotado na bolsa, dedicada ao desenvolvimento de projetos solares fotovoltaicos internacionais em grande escala.
  • A companhia dispõe atualmente de 2,3 GW em projetos fotovoltaicos em diversas fases de desenvolvimento no Brasil, se consolidando como um dos principais mercados na sua carteira mundial de clientes.
  • Os fundos obtidos serão destinados ao desenvolvimento do projeto solar de Pedranópolis, no estado de São Paulo, com uma capacidade conjunta de 90 MW estruturado em três plantas de 30 MW.
  • Dentro do compromisso de reforçar e impulsar a economia local, com o desenvolvimento deste projeto, a Powertis irá gerar 1400 empregos diretos e indiretos na região.

A Powertis, uma companhia da Soltec Power Holdings dedicada ao desenvolvimento de projetos solares fotovoltaicos em grande escala no Brasil, Itália e Espanha, e o BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social do Brasil, aprovaram um financiamento no valor de 191 milhões de reais (30,6 milhões de euros), de um novo projeto no país. Em concreto, se trata do projeto solar de Pedranópolis, localizado no estado de São Paulo, com uma capacidade conjunta de 90 MW. Este projeto, que terá capacidade para abastecer até 125.000 residências, está estruturado em três plantas, cada uma delas de 30 MW.

 

Se trata do primeiro projeto solar com financiamento estruturado dentro do mecanismo “PLD Suporte” desenvolvido pelo BNDES, destinado ao financiamento de projetos a longo prazo no mercado livre (ACL) brasileiro. O prazo em que o empréstimo é concedido chega a 24 anos, sendo destacável que supõe o período mais longo no setor da energia fotovoltaica por parte do BNDES no Brasil. Além disso, se trata do primeiro projeto que será assinado posteriormente depois de contar com o equipamento e os painéis.

 

Depois do financiamento obtido para os projetos de Araxá em outubro, a confirmação deste novo financiamento obtido pela Powertis no Brasil demonstra o bom momento do setor fotovoltaico no país e o bom andamento dos projetos, assim como o atrativo e as vantagens para a sociedade e para o meio ambiente que representam estes projetos. Com a colocação em serviço da planta de Pedranópolis, a companhia mantém seu compromisso com as comunidades de onde opera, tratando de promover e dinamizar a economia local. Em concreto, com os trabalhos de construção e manutenção desta planta serão criados aproximadamente 1400 postos de trabalho diretos e indiretos na região, ao mesmo tempo em que se contribui para o incentivo das energias limpas.

 

Graças ao apoio e confiança depositados pelo BNDES, uma das entidades bancárias mais importantes do país, a Powertis continua garantindo sua posição de liderança no Brasil, um dos países mais importantes e com maior peso no plano de negócio da companhia, onde conta com uma carteira de projetos de 2,3 GW em diversas fases de desenvolvimento no mercado brasileiro. Neste sentido, frente aos próximos anos, e como parte da sua estratégia de expansão, a firma espera continuar aumentando sua presença na região com um objetivo de mais de 6 GW de desenvolvimento nos próximos anos.

 

De todas as maneiras, este se trata do segundo financiamento concedido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que no último mês de outubro aprovou outro empréstimo à Powertis no valor de 194 milhões de reais para o desenvolvimento das plantas fotovoltaicas Araxá 1 e 2, localizadas no estado de Minas Gerais e que somam um total de 112,5 MWp.